CARTA DO MOVIMENTO CULTURA VIVA

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Movimento Cultura Viva 30 de janeiro às 14:38

 

Ao longo da história de Mossoró, uma palavra persiste e ecoa: Resistência. Do dicionário: capacidade de suportar o esforço; recusa de submeter-se à vontade de outrem; aquilo que causa embaraço, que se opõe. Como resistentes, artistas mossoroenses dizem NÃO ao fim da Secretaria Municipal de Cultura e gritam: Mossoró quer Cultura Viva! Dentro de um pacote de reformas administrativas alegando crise financeira, o prefeito Francisco José Silveira Júnior propôs a redução de oito secretarias, a extinção de secretarias adjuntas e a criação de secretarias executivas. Entre as mudanças, a Secretaria de Cultura se torna apêndice da Secretaria de Educação. Em 27 de janeiro de 2016, os vereadores da Câmara Municipal, os mesmos que alegam apoiar a cultura local, aprovam e assinam o fim da Secretaria de Cultura de Mossoró. A cultura já esteve atrelada à educação. Essa junção, ou seja, lá como queiram chamar, retira a autonomia da distribuição dos recursos e projetos específicos da cultura. Coloca a cultura como ferramenta, quando ela é, por si própria, uma necessidade inerente ao indivíduo e à sociedade: “A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte. A gente não quer só comida, a gente quer saída para qualquer parte” Com a música Comida, da banda Titãs, dizemos que CULTURA NÃO É GASTO, É INVESTIMENTO! COOCAR; Movimento Ventania; Cultura sim, veto não foram alguns dos diversos movimentos que se levantaram em prol de melhorias para uma cultura participativa e democrática. A própria criação da Secretaria de Cultura foi conquista da e para a classe artística e todo o povo mossoroense. No contexto atual, a Secretaria Municipal de Cultura é a exigência mínima para que o município esteja integrado ao Sistema Nacional de Cultura e possa fazer parte de todo o processo de construção e cumprimento de políticas públicas com verba direta do Governo Federal para fomentar as nossas manifestações culturais. A SECRETARIA DE CULTURA PRECISA EXISTIR! A extinção da Secretaria de Cultura significa retrocesso nas políticas públicas de cultura; descompromisso com o direito do povo à cultura e desmerecimento da classe artística de Mossoró. NÃO PODEMOS NOS CALAR! Povo de Mossoró, povo de resistência, lutemos para não retroceder: CULTURA É DIREITO DO POVO! E NÃO SE PODE NEGAR! SECRETARIA DE CULTURA E CULTURA VIVA, JÁ!

https://www.facebook.com/movimentoculturaviva/?fref=nf

Leave a Reply